Jormungandr – A serpente de Midgard e do mundo viking

Quando Loki,casou-se com sua primeira esposa, Angrboda, o líder dos clãs da Floresta de Ferro, eles tiveram três filhos. O primeiro deles foi Hel, a deusa da morte. O segundo é Fenris, o deus da destruição. E a terceira é uma serpente mágica que nasceu do seio de Angrboda, como uma cachoeira escamosa – sob o disfarce de uma enorme serpente verde-azulada, sem nome, sem palavras e assexuada – ou talvez bissexual.

Na Floresta de Ferro, muitos gigantes nasceram na forma de animais, e em alguns animais eram tão fortes que eles nunca assumiram uma forma humana. Mas a Floresta de Ferro gerou cães ou lobos como Garm, o leal guardião de Hel, ou Fenrir, o filho mais velho de Loki e Angrboda, e uma criança como a Grande Serpente, nasceu em Niflheim – o dragão Nidhogg, filha de desconhecidos gigantes de gelo.

Angrboda alimentou sua criança com pedaços de carne e os colocou em um grande caldeirão para passar a noite. A cobra, no entanto, rapidamente cresceu, então tiveram que movê-la para um lago artificial e depois para o lago. No momento em que os ases decidiram colocar as mãos sobre ela, a cobra quase não cabia mais no lago e era famosa em todo Jotunheim como o “milagre da Floresta de Ferro”. Ela não possuía tanta magia mas era condutora viva de um poder mágico. Quando alguém conjurou ao lado dela, o poder do encantamento triplicou; Além disso, ela já havia se tornado tão grande que ela poderia facilmente engolir qualquer um que estivesse em seu caminho. Mas Odin e seus capangas ainda conseguiram sequestrar essa cobra gigante e jogá-la no oceano; e Odin com sua magia forçou-a a ficar lá para sempre.

A cobra continuou a crescer e, por fim, Midgard cingiu seu próprio corpo. Sua carne viva carrega os encantos da magia de Odin para proteger os habitantes mortais de Midgard das invasões de outros mundos. Portanto, é chamada de Serpente, ou Serpente de Midgard, ou a Serpente do Mundo: é assim que seu nome é traduzido, “Jormungand”.

A Serpente do Mundo aparece em alguns mitos, principalmente como um inimigo de Thor. Thor, viajando por Midgard, conheceu o mágico gigante Utgard-Loki (não confundir com Loki!). Este feiticeiro convidou-os a visitar e se ofereceu para lutar com seus servos em força e habilidade. Thor teve um teste muito simples, à primeira vista, para levantar o gato de Utgard-Loki. Mas o gato era tão pesado que Thor mal conseguia levantar uma das suas patas do chão. Thor admitiu a derrota, e Utgard-Loki explicou que tinha feito sobre ele um feitiço das trevas: sob o disfarce de um gato, era a serpente de Midgard e Thor realmente levantou-a quase por completo, fazendo com que os mares se tornassem maremotos gigantes.

Imagem relacionada
Imagem

Em outro mito, Thor vai pescar com o gigante Humir e prende a cabeça decepada de um touro do rebanho Humirov (que ele pegou sem perguntar, mas Humir só podia aceitar a verdade: não lutar contra o deus do raio!). Com essa isca A Serpente do Mundo é fisgada, mas ela não pretende se render sem luta. Enquanto Thor luta com sua presa, Humir corta a linha e a Serpente vai para o fundo. Mais cedo ou mais tarde, quando, de acordo com a profecia da volva, Ragnarok vier, Thor se encontrará novamente com Jormungand e, finalmente, o matará, mas ele também cairá morto vítima de seu veneno.

Jormungand by Y-Ikehara
Imagem: https://www.deviantart.com/y-ikehara/art/Jormungand-125430255

Cobras sagradas gigantes como Jormungand também são mencionadas nos mitos de outras nações. A partir da tradição grega é conhecida Ouroboros – uma cobra enrolada em um anel e segurando sua própria cauda em seus dentes. Nos mitos dos antigos sumérios, o grande dragão ou serpente Tiamat atua, que, como o escandinavo Ymir, foi morto e desmembrado na aurora dos tempos, e várias partes da terra foram criadas a partir de seu corpo. Em um dos mitos sobre o deus indiano Shiva, uma enorme serpente ameaça destruir todos os seres vivos com seu veneno. O resto dos deuses está em confusão, mas Shiva bebe todo o veneno e em seu próprio corpo o transforma em umidade inofensiva. Depois disso, a cobra se torna completamente inofensiva. Shiva ainda a carrega em volta do pescoço em memória desses eventos. Tradução de Raven Kaldera (c): Anna Blaze (c)

Tradução e adaptação de: https://vk.com/foryngende_epler

Para mais curiosidades, informação e material sobre a cultura nórdica da E

Para mais curiosidades, informação e material sobre a cultura nórdica da Era Viking, acesse nossas redes.

Instagram: bit.ly/yggdrasilig
Blog: bit.ly/yggdrasilblog
Facebook: bit.ly/yggdrasilrj

vikings #yggdrasil #heathen #yggdrasilrj #reenactment #vikingreenactment #viking #medieval #vikingage #mythology #paganismo #vikinglife #geek #riomedieval #oldnorse #reenactor #thor #asatru #nerd #norse #art #grupodeestudos #odin #pagan #medievo #runas #runes


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s